Filiado a:
ACESSO FILIADOS
Faça o login para ter acesso aos dados, caso não tenha senha, clique aqui para cadastrar a senha. Para recuperar a senha clique aqui.
  • CPF
  • SENHA
PRAIA DA JATIÚCA
NOTÍCIAS
06/12/2016
Fiscais de tributos do Estado ameaçam greve por reajuste salarial

Fiscais de tributos de Alagoas fizeram um ato, com café da manhã, em frente ao prédio-sede da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), no centro de Maceió. Eles cobram reposição salarial e ameaçam paralisar as atividades por tempo determinado. A categoria recebe o teto e depende do reajuste do salário do governador para que recebam o índice a mais.

Segundo o presidente do Sindicato do Fisco de Alagoas, Emílio Marcelino, os fiscais de tributos estão há dois anos sem aumento nos vencimentos. Ele disse que essa é a primeira ação decidida pela categoria e há uma possibilidade de greve. Uma assembleia será realizada no dia 24 de novembro pra discutir o assunto. A probabilidade é que a classe pare o atendimento aos poucos.

O objetivo é mobilizar a categoria para se manifestar contra essa situação. Estamos ha dois anos sem reposição salarial porque o governador, além de não dar a reposição da inflação, não deu o aumento no próprio subsídio dele. Se ele não dá a Ele, nós do Fisco, fiscais no final de carreira, com 35 anos de serviço, ficamos prejudicados, avalia Marcelino. 
Segundo o presidente, as perdas salariais já chegam a 1/5 e o governador estaria descumprindo a legislação.

Ele está congelando nossos salários e a constituição veta isso. O que estamos buscando é essa reposição. Nem o aumento pelo IPCA, que era uma política do governo passado, esse governo deu continuidade. Não queremos nem aumento, queremos que essas perdas acabem, afirma Lúcia Beltrão, diretora do Sindicato do Fisco.

O sindicato revela que já vem negociando essa questão salarial desde o começo de 2015 com o secretário, mas nada avançou. Mesmo sem condições de trabalho, os fiscais fazem a parte deles e a arrecadação continua crescendo. Não vamos ficar calados diante dessa diminuição de salários, informa Lúcia Beltrão.
Hoje, o Estado tem 390 fiscais ativos. Entre ativos e inativos são cerca de 700.

Fonte: Gazetaweb

FILIE-SE
COLUNA GAZETA
CONVÊNIOS
Av. Assis Chateaubriand, 4000 - Trapiche - CEP: 57.010-070 - Maceió/AL
Telefones: (82) 3336-1343 / 3221-4140 e 3223-3958
Email: sindifisco@sindifisco-al.org.br

Acessos ao site:

Sindicalizi Soluções para sindicatos